Tomando um chá… na cozinha! #7 |Empadinhas de massa podre|

Olááá!

A receita de hoje é puro amor – acho que eu sempre falo isso, né? 😀

A de hoje me lembra muito infância, momentos de felicidade ao encontrar quiosques em shopping e passadas pelo Jerivá, um restaurante de estrada entre Brasília e Goiânia (quem é de Brasília e Goiás, deve conhecer!). Bom, um amor na vida: empadinha, especialmente se for com massa podre! ❤

Em maio teve festa aqui em casa, foi aniversário do boy magya, e a ideia era servir empadinhas. Eu fiz durante a semana para a festa no sábado e eis que… eu comi todas antes do dia! 😀 Não sabia que era tão possível/fácil fazer massa podre e a minha receita não rende um montão, rende 12 empadas médias. Então não foi difícil devorar todas.

Bom, vamos à receita!

Ingredientes da massa – La pâte brisée

  • 250g de farinha de trigo;
  • 125g de manteiga gelada;
  • 1 gema de ovo;
  • 1 ou 2 colheres de água;
  • uma pitada de sal;

Recheio de frango

  • 300g de peito de frango, temperado e desfiado;
  • 1 cebola média, cortada em brunoise, ou seja, cubinhos;
  • 100g de azeitona preta cortada e sem caroço;
  • 300ml de molho bechamel;
  • 200ml de molho de tomate;
  • Tomilho e alecrim a gosto;
  • Sal e pimenta do reino a gosto;
  • Uma pitada de curry;

Para cobrir a massa antes de assar

  • 1 ovo batido;

Modo de preparo

  • Pré-aqueça o forno em 180ºC;
  • Comece pelo recheio. Para isso, doure a cebola e refogue bem o frango desfiado;
  • Acrescente à panela as ervas (tomilho e alecrim), o curry, sal e pimenta e as azeitonas e deixe refogar um pouco mais;
  • Adicione o molho de tomate e deixe cozinhando por uns 5 a 10 minutos;
  • Por último, adicione o molho bechamel e acerte o sal.
  • Para a massa, em uma tábua, mesa ou até mesmo em uma tigela grande faça um monte com a farinha;
  • Faça um buraco no meio do monte de farinha e adicione a pitada de sal nas bordas do monte de farinha;
  • Corte a manteiga bem gelada em cubinhos e adicione no centro do monte de farinha;
  • Com as pontas dos dedos misture a farinha com sal à manteiga até obter uma farofa homogênea;
  • Acrescente a gema de ovo e a água e misture até ficar tudo homogêneo;
  • Faça uma bola com a massa, envolva com plástico filme e leve à geladeira por pelo menos 30 minutos;
  • Após o tempo na geladeira, com um rolo, abra a massa até uma espessura de 3 milímetros aproximadamente;
  • Corte um círculo de massa no tamanho das formas ou pegue um pedaço da massa e disponha na forma com os dedos;
  • Após forrar todas as fôrmas, fundo e laterais, recheie as empadas; Se a sua empada for média, uma colher de sopa de recheio para cada uma é o suficiente;
  • Para cobrir é necessário cortar um círculo do tamanho da abertura da fôrma, o que pode ser feito com um cortador de biscoito, copo, ou faca;
  • Com o círculo de massa no tamanho certo, posicione-o em cima da empada recheada e pressione os cantos de massa do topo com a massa das laterais que já estava na fôrma para selar e fechar toda a empada;
  • Depois é só pincelar o ovo batido na superfície das empadas e levar ao forno por aproximadamente 40, 45 minutos.

Observações

  • Ao adicionar o bechamel, se sentir o recheio muito grosso e pesado, acrescente leite até obter a consistência desejada;
  • Para rechear as empadas é importante que o recheio esteja frio, então faça primeiro e deixe reservado na geladeira até o momento de usar;
  • Quando for fazer a farofa da massa, cuidado para não derreter a manteiga durante processo;
  • A quantidade de água na massa pode variar. É importante que a massa fique homogênea e não muito quebradiça, mas também não é para ficar mole. O ponto ideal é que você consiga fazer uma bola firme, mas ao mesmo tempo seja possível pressionar com o dedo e afundar um pouco.
  • Cuidado no momento de misturar a massa para não trabalhar demais e desenvolver o glúten. A gente quer uma massa homogênea e para isso você deve misturar bem durante uns 5 minutos. O processo é rápido!
  • Quando for abrir a massa, a superfície não precisa estar enfarinhada pois a massa tem bastante gordura da manteiga;
  • Para a massa ficar super quebradiça e deliciosa depois de assar é importante que ela vá ao forno bem geladinha. Então, mexeu muito na massa ou se estiver muito quente na sua cidade, volte a massa para a geladeira por um tempinho. E em todo caso, depois de rechear e fechar, deixe mais uns 30 minutos na geladeira antes de levar ao forno.


E agora, fotos!


IMG_1875IMG_1883IMG_1899IMG_1911IMG_1912IMG_1921

 

Meu parecer: estou quase indo lá fazer mais. Fica muito gostosa! Para quem quiser, dá pra congelar e assar antes de servir e a massa também pode ser usada para quiches e outras preparações. Resumo da ópera: impossível comer só uma! Faça e conte o que vocês acharam aqui nos comentários! E quando fizerem, postem no Instagram e marquem o blog @pediumcha para eu ver! 😀

Beijos e tot ziens!

Fotos: arquivo pessoal.

9 comentários sobre “Tomando um chá… na cozinha! #7 |Empadinhas de massa podre|

Deixe o seu comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s